Divinut Indústria de Nozes Ltda

Produtores de Nogueira Pecã participam de Dia de Campo

Data: 02/02/2015
Produtores de Nogueira Pecã participam de Dia de Campo
O cultivo de nozes surgiu através de um projeto apoiado pela empresa Baesa chamado “Projetando o Futuro”.
 Uma cultura nova que iniciou  no ano de 2011 no município de Esmeralda foi discutida na quinta-feira (5), através de um Dia de Campo organizado pela Secretaria Municipal de Agricultura, com apoio da Emater e da Associação Pró Desenvolvimento de Santa Terezinha. O evento foi realizado  na sede do CTG Rincão da Amizade, na localidade de Santa Terezinha, em Esmeralda.
O cultivo de nozes surgiu através de um projeto apoiado pela empresa Baesa chamado “Projetando o Futuro”.  A nova cultura teve alguns apreciadores e hoje, os primeiros frutos começam a surgir. Durante o Dia de Campo o Biólogo e Diretor da empresa Divinut, Edson Roberto Ortiz, proferiu palestra sobre o tema. A Divinut é uma empresa familiar, que está no ramo há 15 anos e está localizada na cidade de Cachoeira do Sul. O diretor destacou durante sua palestra as variações do fruto, problemas que podem ocorrer e apresentou possibilidades de adaptar o cultivo com outras culturas. “A nogueira tem alta rentabilidade, baixo impacto ambiental e é uma forma de diversificar a produção nas propriedades. Hoje nós oferecemos a muda com alta qualidade, disponibilizamos de apoio técnico e também comprarmos toda a produção a preço de mercado”, destacou Edson enfatizando que a região é promissora e o apoio das prefeituras e da Emater é fundamental para gerar renda e sustentabilidade as propriedades. “Vejo um grande problema que é a falta do produto, a cada dia o consumo de nozes vem crescendo e a produção não está acompanhando a demanda de mercado. Precisamos de mais produtores”, finalizou Edson.
De acordo com o secretário de Agricultura, Espedito Lima no início do projeto doze produtores investiram na cultura, porém com o passar dos anos e a falta de conhecimento alguns desistiram e hoje o município conta com aproximadamente sete produtores e cerca de 500 pés. “Realizamos este dia de campo para sanar as dúvidas dos produtores e incentivar que novos pomares de nogueira sejam implantados no município. A prefeitura dará total apoio e esperamos que os pequenos e médios produtores vejam nesta cultura uma nova fonte de renda que pode ser adaptada as culturas já existentes e complementar a renda das famílias”, destacou o secretário enfatizando também que o clima e o solo da região é propício para o cultivo das nogueiras e é uma cultura que não requer muita mão de obra e é de fácil acesso. “Os cuidados não são muitos  e a cada ano a nogueira produz mais frutos o que se torna rentável, pois uma arvore do fruto pode durar séculos”, frisou Espedito que também é produtor de nozes.
Outro produtor é o escritor Ajadil Costa o qual destaca que este é um projeto piloto no município. “Esta é uma cultura não muito popular na nossa região. É um projeto de persistência, onde temos que cuidar, esperar e acreditar e agradecer a Baesa pelo apoio recebido”.
O evento que iniciou com uma palestra, finalizou com uma visita ao pomar de Nogueira Pecã, na propriedade de Ajadil e contou com a presença de aproximadamente trinta pessoas vindas de municípios vizinhos como Pinhal da Serra e Vacaria.

Leia também: